Cart

Moureau

A mostrar 1–12 de 13 resultados

Moureau (Synthetisor) Marathon Moureau 50 Comprimidos

12.00
vacol0019

Espécie animal de destino: Pombos-correio.

Indicações: Melhora a resistência ao esforço dos animais

Modo de emprego: Esmagar os comprimidos e misturar numa pequena porção de grãos da ração diária, na dose e frequência, abaixo indicados:

– 1 Comprimido por dia, nos 2 a 5 dias que antecedem o concurso, consoante a distância a percorrer;

Composição por comprimido:

· Matérias-primas: Fosfato tricálcico.

· Aditivos: Aspartato de potássio (2b); Aspartato de Magnésio (2b); Celulose.(E460(II)).

Constituintes analíticos:
· Humidade: 3,1%;
· Cinzas totais: 36,8%;
· Proteína bruta: 4,4%;
· Gordura bruta: 2,1%;
· Celulose bruta: 51%.

Peso Liquido: 11,25g (equivalentes a 50 comprimidos)

fabricado em França para n.º de Aprovação: FR 62-040-02 Laboratoires Moureau

12.00Adicionar

Moureau ALATONIC B15 – Vitamina B15 50 Comprimidos

10.00
vacol0010-1

ALATONIC B15 é um suplemento alimentar ideal para épocas de maior exigência, para pombos-correio, aves canoras e ornamentais.

ALATONIC B15 possui Vitamina B15 ou ácido pangamico, substância que permite:
– aumentar a capacidade dos tecidos utilizarem o oxigénio;
– acelerar o metabolismo dos lípidos;
– aumentar a resitência à fadiga.

10.00Adicionar

Moureau C.C.P. Soluto 60 ml

9.00
vmcol014

Espécies Animais de Destino: Aves canoras; Aves ornamentais; Pombos-correios.; Modo de Emprego: misture 5mL (o equivalente a uma colher das de chá) em 3kg de sementes, complementando a ração diária. Complementar de duas em duas semanas. Durante o tempo frio e húmido esta complementação pode ser efectuada diariamente durante 3 a 5 dias consecutivos.; Composição: Matérias-primas: Óleos vegetais; sub-produtos de animais marinhos. Aditivos: Vitamina A (E672); Vitamina D3 (E671); Vitamina E.; Constituintes Analíticos: Humidade: <1%; Proteína: 0%; Gordura: 98%; Celulose: 0%; Cinzas totais: < 1%; Peso Liquido: 50ml
Nº de referência do Lote: / CONSUMIR DE PREFERÊNCIA ANTES DE: (DD/MM/AA) ver marcação na embalagem e no rótulo;
Fabricado em França (FR 62-040-02), para: Laboratoires MOUREAU, 95270 Luzarche

9.00Adicionar

Moureau Carbovital – Carvão Ativado 125 ml

11.50
carbovital125

Carbovital é um complemento alimentar indicado para a regularização do trânsito intestinal, correcção de estados de flatulência e captação de substâncias indesejadas em suínos e bovinos.

Características:

  • Carbovital é carvão vegetal activadocompletamente biodegradável e ecológico. A capacidade de captação do carvão vegetal activado é directamente proporcional à sua superfície específica.A superfície específica do Carbovital é muito elevada, na ordem de 1.000 m²/g.
  • Favorece a captação das substâncias indesejadas ao nível do lúmen do tubo digestivo.
  • Auxilia na regularização do trânsito intestinal e da digestão (flatulências).

Conselhos de utilização: 

Administração por via oral, agitar bem a embalagem antes de usar.

– Auxilio à captação de substâncias indesejadas: 1g de carvão activado/kg de peso vivo, o equivalente a 5ml de CARBOVITAL por kg de peso vivo. Repetir a administração se necessário repetir passadas 4 a 6 horas.

– Regulação do trânsito intestinal (diarreias neonatais e alimentares) e correcção dos estados flatulentos (timpanismo): 1 g de carvão activado/10kg de peso vivo de manhã e à noite, o equivalente a 5 ml de CARBOVITAL por cada 10 kg de peso vivo, até ao retorno à normalidade.

– Diarreias neonatais e alimentares: Leitões (1 a 5 kg) como preventivo-2 ml/kg/ dia. Porcos (60 kg) –1,5 ml/kg. Vitelos– 2 ml/kg.

11.50Adicionar

Moureau CC Ver 125 ml Solução Oral

9.00
vmcol004muv

C.C.Ver® Anti-helmíntico
Solução oral para pombos-correio Frasco contendo 125ml
MANTER FORA DO ALCANCE E DA VISTA DAS CRIANÇAS
Doses de utilização e modo de emprego: Dose terapêutica – uma administração na dose de 10ml, equivalentes a 2 colheres das de chá por litro de água de bebida, seguida de duas administrações com 15 dias de intervalo. Nas infestações por vermes capilária, efectuar duas administrações com uma semana de intervalo. Dose preventiva: uma única administração na dose de 10ml, equivalentes a duas colheres das de chá por litro de água, de dois em dois meses. Preparar só a quantidade necessária para o próprio dia. Cuidados a ter durante o tratamento: os pombos devem ser isolados de modo a que não tenham acesso a mais nenhuma fonte de água. Não renovar a água de bebida antes que a água medicamentada tenha sido toda consumida.
Efeitos secundários: o produto pode induzir vómito, o qual em nada afecta a eficácia do tratamento.
Composição: Cloridrato de tetramisol-4,72g; Excipiente q.b. 100ml
Indicações: Ascaridiose; Capilariose; Heteraquiose.
Conservação : Conserva em lugar seco, ao abrigo da luz e do calor e a temperaturas inferiores a: 25ºC
Precauções: não administrar a outras espécies para além das indicadas.
Em caso de acidente contactar o Centro Anti-Venenos – tel: 808250143 (ver Folheto informativo no interior da embalagem).
Conservação : Conserva em lugar seco, ao abrigo da luz e do calor e a temperaturas inferiores a: 25ºC
Fabricado em França para: Laboratoires moureau

9.00Adicionar

Moureau Floratonyl 30 ml

10.00
vmcol0012muv

Espécie animal de destino: pombos-correios, aves canoras e aves ornamentais;
Composição quantitativa e qualitativa (por 100 ml): Aditivos: Vit. A(E672)- 1 000 000 UI-IE ; Vit.D3(E671)-100 000 UI-IE ; Vit.E-3 000 UI-IE ; Vit.B1-180mg ; Vit.B2-200mg ; Vit.B5-600mg ; B6-600mg; B12-3mg; Vit.PP-3.000mg;
Matérias-primas: Extracto de fígado -1.500mg, produtos e sub-produtos de origem animal e vegetal;
Dose de incorporação: misture 20 gotas por cada 500g de sementes humedecidas (suficientes para 20 pombos, ou 1 gota por cada 30g de sementes, e coloque à disposição das aves como única fonte de alimentação até que as sementes assim tratadas sejam totalmente consumidas; deve ser repetida duas vezes por semana. Em caso de se destinar a um pequeno numero de aves, poderá ser administrado directamente no bico na dose de 1 gota por pombo, a repetir duas vezes por semana. Na época do verão e de temperaturas elevadas, em que se verifica um grande aumento do consumo de água, aconselha-se ter sempre água limpa à disposição das aves;

Fabricado em França (FR 62-040-02), para: Laboratoires MOUREAU, 95270 Luzarches

10.00Adicionar

Moureau GLUCOVITALIX 350g

9.00
vacol0015

ALIMENTO COMPLEMENTAR PARA ANIMAIS
Espécies Animais de destino: Aves canoras; Aves ornamentais; Pombos-correios.
Composição:
Matérias-primas: Glucose monohidratada;
Aditivos: ascorbato de potássio (E470).
Constituintes analíticos: Humidade: 8,9%; Cinzas totais: < 0,1.%; Proteína bruta: 0%; Celulose: 0%

Modo de emprego: Polvilhar sobre uma pequena porção de grãos da ração diária, na(s) dose(s) e frequência, abaixo indicados:
Adicionar 2 colheres das de chá por cada 1kg de grãos, diáriamente durante os 4 dias precedentes ao encestamento e no dia do regresso.
Adicionar 2 colheres das de chá por cada 1kg de grãos, duas vezes por semana.
Peso Liquido: 350g CNP: 7414961
Manter protegido do calor
Responsável pelo fabrico: BIOVE – 62510 ARQUES, França /// n.º de Aprovação: FR: 62-040-02
Para: laboratoires MOUREAU – 95270 Luzarches, FRANÇA.

9.00Adicionar

Moureau Marathon 50 Comprimidos

12.00
vacol0002

Espécie animal de destino: Pombos-correio.

Indicações: Melhora a resistência ao esforço dos animais

Modo de emprego: Esmagar os comprimidos e misturar numa pequena porção de grãos da ração diária, na dose e frequência, abaixo indicados:

– 1 Comprimido por dia, nos 2 a 5 dias que antecedem o concurso, consoante a distância a percorrer;

Composição por comprimido:

· Matérias-primas: Fosfato tricálcico.

· Aditivos: Aspartato de potássio (2b); Aspartato de Magnésio (2b); Celulose.(E460(II)).

Constituintes analíticos:
· Humidade: 3,1%;
· Cinzas totais: 36,8%;
· Proteína bruta: 4,4%;
· Gordura bruta: 2,1%;
· Celulose bruta: 51%.

Frasco 50 comprimidos)

 

12.00Adicionar

Moureau PERFORMIX – Especial provas de longo curso 50 Comp.

13.00
vacol007

PERFORMIX é um suplemento alimentar para pombos-correio com óleos vegetais (óleo de primerose) e rico em ácidos gordos essenciais.

Tal como nas aves migratórias, as reservas de gordura (lípidos) são utilizadas como “combustível” pelos músculos durante o trabalho muscular de longa duração. Por isso, PERFORMIX é especialmente indicado em caso de provas de longo curso.

13.00Adicionar

Moureau Pilulas Souveranas 100 Comprimidos

9.50
vacol0010

SOBERANAS Moreau é um suplemento alimentar ideal para épocas de maior exigência (desporto, concurso, convalescença, criação, desmame dos borrachos), para pombos-correio e aves canoras e ornamentais.

Suplemento rico em minerais (glicerofosfato de cálcio) e plantas pulverizadas (raízes de genciana, fruto de anis, sementes de gengibre, nóz ala, aloé do cabo e quinquina).

Pela sua composição, SOBERANAS Moreau melhora a vitalidade dos animais, pois permite:
– estimular o apetite;
– acelerar a convalescença de uma infecção;
– ajudar a retirar máximo rendimento dos alimentos.

9.50Adicionar

Moureau Pó Alcalino Composto – Detox 280g

9.00
vacol0016

Alimento complementar para aves
Espécie animal de destino: Pombos-correios, aves canoras, aves ornamentais
Modo e dose de incorporação: misture 1 colher das de chá (5ml) em 680g de sementes previamente humedecidas e coloque à disposição das aves como única fonte de alimento, todas as segundas feiras durante a época dos concursos, e uma vez por semana durante a muda de Inverno;
Composição por 100g: Matérias-primas: Sulfato de Sódio; Cloreto de Sódio; Bicarbonato de Sódio q.b.p. 100 g;
Não administrar a animais destinados ao consumo humano; Peso Liquido: Frasco com 280 g de pó alcalino;
Recomendações especiais: manter protegido do calor;
Fabricado em França (FR 62-040-02), para: Laboratoires MOUREAU, 95270 Luzarches

9.00Adicionar

Moureau Tiforine (solução oral) 100 ml

11.50
vmcol006muv

Resumo das características do produto
Denominação comercial
TIFORINE
Autorização de venda AV Nº 01/2006/DGV
Composição:
Sulfadimetoxina sódica 7,5 g; Trimetoprim 1,5 g; Excipiente q.b. 100 ml.
A paratifose / salmonelose, tem como agente causal uma bactéria do género Salmonela, propagando-se principalmente através da ingestão de alimentos e água de bebida contaminados pelas dejecções das aves infectadas.
A diversidade dos sintomas observados, resulta das múltiplas possibilidades de localização dos focos primários e secundários de infecção, os quais se podem localizar nos pulmões, intestino, aparelho reprodutor, músculos peitorais, articulações e centros cervicais. Neste ultimo caso podem ser responsáveis pelo aparecimento de um torcicolo (torção do pescoço), paralisias motrizes e distúrbios do equilíbrio.
A localização articular é responsável por uma inflamação dos tecidos, a qual pode dar origem ao aparecimento de uma formação nodular (em forma de bola) ao nível das articulações das asas e mais raramente das patas, provocando no primeiro caso uma postura anormal da asa (conhecido normalmente por “ mal da asa”) e no segundo caso um coxear ou mesmo o encarquilhar dos dedos.
A forma intestinal é frequentemente acompanhada por uma diarreia fétida, emagrecimento rápido, sede intensa e perca de apetite. Esta forma é a que apresenta a maior percentagem de mortalidade.
Quando a infecção se localiza no aparelho reprodutor, pode vir a originar a esterilidade quer no macho quer na fêmea (ovos claros). Caso a infecção se localize nos ovários, as salmonelas podem infectar o embrião e causar a morte deste (ovos negros). Em caso de infecções menos acentuadas, os borrachos chegam a nascer embora venham a morrer no ninho poucos dias após a eclosão. Os que sobreviverem serão portadores crónicos, e como tal potenciais focos de infecção para as colónias, sempre que existam circunstâncias favoráveis.
O tratamento de uma colónia contaminada deve conduzir ao desaparecimento das salmonelas. Apesar disso, certas lesões por elas provocadas são irreversíveis. Assim, é conveniente, mesmo depois da cura, eliminar os pombos que conservem sequelas definitivas.
Nota: os animais jovens, em especial, podem ser afectados por uma outra doença, a colibacilose, cujo agente causal é um colibacilo, microorganismo normalmente presente no tubo digestivo dos pombos. Os colibacilos podem tornar-se activos em consequência de circunstâncias favoráveis que originam o enfraquecimento do estado geral, disseminando-se então por todo o organismo.
Esta proliferação pode igualmente resultar da administração indiscriminada de antibióticos.
O diagnóstico da colibacilose pode pôr-se sem grande margem de risco, sempre que apareçam diarreias muito liquidas feitas no ninho e que se tenha eliminado a possibilidade de uma tricomonose.
Indicações:
Anti-bacteriano e Anti-protozoário para o tratamento das infecções por germes sensíveis à associação sulfadimetoxina / trimetoprim (ex: salmonelose, colibacilose) em pombos-correios.
Posologia:
Em caso de suspeita de infecção e/ou preventivamente:
Administrar através da água de bebida na dose de 5 ml (equivalentes a uma colher das de chá) por cada litro de água, durante sete dias consecutivos.
Em caso de doença declarada:
Efectuar tres tratamentos com um intervalo de quinze dias, na dose de 5 ml por cada litro de água de bebida, tendo o primeiro tratamento uma duração de dez dias e o 2º e 3º uma duração de cinco dias cada.
Contra indicações:
Não administrar a animais destinados ao consumo humano
Não administrar em caso de reconhecida sensibilidade a qualquer um dos princípios activos.
Apresentação:
Frasco com 100 de solução.
Identificação do responsável pela introdução no mercado
Laboratoire MOUREAU

11.50Adicionar